Dicas para comprar um terreno com segurança

Encontrar boas dicas para comprar um terreno em segurança é essencial para que o seu investimento seja saudável e lhe traga bons resultados. Principalmente pois sabemos que nos dias atuais o que não faltam são ofertas e possibilidades no mercado.

Porém, é preciso saber filtrar uma oportunidade de uma “furada”, para que assim você utilize o seu investimento de maneira inteligente e promissora. Desse modo, fizemos este guia com tudo que você precisa saber antes de comprar um terreno.

Dicas para comprar um terreno em segurança

As dicas para comprar um terreno com segurança são essenciais para que você torne a sua capacidade de filtrar as opções de uma maneira mais inteligente. Entretanto, é preciso ter muita atenção para não deixar passar nada despercebido. Para isso, anote todas as informações abaixo:

1- Verifique a documentação do terreno

O primeiro passo sempre será verificar a documentação dos terrenos que você está interessado. Isso porque caso ele apresente qualquer problema burocrático, você já poderá descartá-lo antes mesmo de visitar o local e “se apaixonar” pelo mesmo.

Assim, os documentos que você deverá solicitar para saber se está tudo em dia são:

  1. Certidão Negativa de Débitos (CND);
  2. Matrícula no Cartório de Registros de Imóveis;
  3. Documentos pessoais do vendedor;
  4. Carnê de IPTU quitado;
  5. Certidão de Propriedade do Imóvel atualizada;
  6. Histórico do terreno.

Se tudo estiver dentro dos conformes, você já terá o sinal verde para dar continuidade a análise do terreno.

2- Visite o local

Depois que você verificar toda a documentação do imóvel, será preciso conhecer o espaço de fato. Apesar de parecer uma dica óbvia, muitas pessoas ainda se deixam levar por fotos e descrição por escrito, apenas por ser mais “fácil”.

Porém, uma imagem tratada e editada do terreno nunca será uma amostra 100% fidedigna da realidade. Justamente por conta disso você deverá visitar o terreno e avaliar tudo com muito cuidado e atenção. 

Tire um tempo para este tipo de visita, para que você possa analisar de uma maneira consistente e coerente, evitando que algo importante não seja notado.

3- Saiba as suas necessidades

Ao chegar ao local do terreno, você deverá sanar suas próprias dúvidas a respeito das suas necessidades. Por exemplo: Se você precisa de um imóvel localizado em um bairro comercial, e não residencial, é preciso avaliar a vizinhança antes de simplesmente adquiri-lo.

Além disso, outras questões quanto a divisão do terreno, estrutura, localização, acesso, entre outros fatores devem ser postos em pauta.

4- Analise o risco de enchente e deslizamento

Avaliar o risco de enchente e deslizamento é crucial para garantir que o seu investimento não esteja sendo um verdadeiro tiro no pé. Afinal, se você adquire um terreno que está comumente em situações de risco e deslizamento, é claro que o seu dinheiro estará sendo colocado em algo que pode perder o valor da noite para o dia.

Portanto, procure entrar em contato com o dono e questione sobre situações em que desastres naturais possam ter impactado na estrutura do terreno. Vale, inclusive, pesquisar por notícias e recorrência de enxurradas na região que você deseja investir. 

Tudo isso é importante para prevenir frustrações e gastos maiores mais tarde. Uma boa forma de se atentar a isso é observando o preço do terreno: Condiz com o tamanho e localização? Terrenos muito fora do valor de mercado podem servir de alerta.

5- Avalie a infraestrutura do bairro

Toda a infraestrutura do bairro precisa ser levada em conta. Se você deseja investir e construir um imóvel residencial, deverá levar em consideração muitos pontos que estão envolvidos com este tipo de empreendimento, como por exemplo:

  • Escolas e faculdades nas proximidades;
  • Hospitais e farmácias;
  • Supermercado e lojas de materiais de construção;
  • Áreas de lazer e festa;
  • Entre outros fatores que você julgar essenciais para o bem estar e qualidade de vida.

Lembre-se de avaliar outros pontos que se entrelaçam com a infraestrutura, como por exemplo, transporte, qualidade das vias e calçadas, acessibilidade, etc. Ao ter um reconhecimento mais aprofundado de todos estes pontos, a sua compra poderá ter mais subsídios para ser feita de maneira coerente e não impulsiva.

6- Verifique as leis de ocupamento

É sempre bom considerarmos que cada cidade possui as suas próprias leis de ocupamento de solo e zoneamento. 

Assim você poderá descobrir se a área do terreno que você deseja comprar é residencial, industrial ou comercial. Além disso, poderá ter acesso à informações da defesa civil, como garantia de que o terreno não está embargado, por exemplo.

A taxa de ocupação também é de extrema importância. Afinal, se você pensa em investir na construção de um grande empreendimento, a taxa de ocupação da área do terreno não pode ser muito baixa, tendo em vista que isso poderia atrapalhar os seus planos.

Outro fator crucial que deve ser considerado é com relação às áreas históricas de uma cidade. Se você adquirir um terreno ao lado de uma obra tombada, poderá ter muitas restrições e proibições de construção, o que poderá deixar o terreno sem uma utilidade coerente para você. 

7- Converse com quem entende

Além de seguir todas as dicas para comprar um terreno em segurança que trouxemos no decorrer deste artigo, sugerimos que você aposte em um acompanhamento profissional.

Isto é, busque auxílio de quem entende do assunto e pode lhe apontar as melhores possibilidades de terrenos em Chapecó e região.

Para isso, conte com a Nostra Casa! Nossa equipe de especialistas lhe ajudará a avaliar todos os pontos que trouxemos neste texto, além de outros que possam ser igualmente importantes. Assim você conquista um terreno qualificado e dentro de uma estrutura ideal para o seu objetivo e projeto.

Conte conosco, entre em contato agora mesmo com um de nossos corretores pelo telefone (47) 3321-1700.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *